Peru, Império Inca e Machu Picchu - Uma pequena introdução

machupicchu-sepia.jpg

O Peru é certamente um dos destinos mais incríveis da América do Sul! Quem nunca sonhou em conhecer a cultura andina, as misteriosas linhas de Nazca, a cidade colonial de Cusco, as comunidades centenárias do Vale Sagrado e a famosa cidade perdida de Machu Picchu?

A história do Peru se confunde com o legado de uma das civilizações mais fascinantes da América: os Incas. Em pouco mais de 300 anos, os Incas formaram um império que se prolongava desde os terrítorios da Colômbia até a Argentina, passando pelo Equador, Peru e Bolívia. No século XV, o imperador Inca governava aproximadamente nove milhões de pessoas! O império inca era chamado Tahuantinsuyu e tinha como sede a cidade de Cusco.

Ainda hoje conhecida como a Capital Imperial, Cusco é uma cidade colonial, repleta de igrejas barrocas e arquitetura européia característica da época em que foi invadida pelos espanhóis, em 1532. Ainda assim, a cultura andina, as ruas de pedra e muitos dos templos usados em rituais religiosos pelos Incas resistem ao tempo e são visitados diariamente por turistas de todas as partes do mundo.

A religião e a espiritualidade dos Incas transformou o Peru em um dos lugares mais místicos do planeta. Os Incas eram politeístas e adoravam os elementos da natureza. Wiracocha é para os Incas o Deus Todo-Poderoso, aquele que criou todas as coisas no céu e na terra. Pachamama é a Mãe Terra e Inti o Deus Sol, um dos mais importantes deuses da civilização incaica.

Outro elemento importante da religião do Império Inca são as huacas, objetos sagrados reverenciados pelos seus poderes sobrenaturais, geralmente grandes rochas ou monumentos construídos em locais dedicados a rituais espirituais e cerimônias religiosas. Entre as huacas mais importantes do Peru, mais de 300 podem ser encontradas em Cusco e na região do Vale Sagrado. Cusco, que em quechua significa umbigo do mundo, é apontada como um dos mais importantes vórtices de energia espiritual do planeta. Essa energia restauradora e curativa propicia todas as atividades que visam o autoconhecimento e crescimento espiritual.

Apesar da importância da cidade de Cusco e da beleza singular do Vale Sagrado dos Incas, Machu Picchu, um dos destinos mais impressionantes do planeta, continua sendo o ponto auge de qualquer roteiro pelo Peru! Ainda hoje existem controvérsias sobre a verdadeira função de Machu Picchu durante o Império Inca.

Estudos recentemente realizados por arqueólogos e historiadores indicam que a cidade era usada como um “resort real”, onde o imperador e a corte se hospedavam para relaxar, caçar e receber convidados. Outros estudiosos alegam que Machu Picchu foi construída em um local considerado sagrado pelos Incas e era usada como um templo para adoração e cerimônias religiosas. O arqueólogo peruano Guillermo Cock acredita que as duas teorias se complementam e completa: “qualquer lugar que o imperador frequentava era sagrado, porque Ele era sagrado.” Os espanhóis nunca chegaram a Machu Picchu e a cidade foi abandonada pelos incas muito antes da invasão européia. As razões para que Machu Picchu fosse abandonada pelos Incas também é desconhecida.

O Peru é nosso vizinho mais encantador, cheio de mistérios e muita história pra contar. Clique aqui para escolher a viagem que mais combina com você e venha conhecer essa terra mágica com a gente!