Vegetarianos em Cusco – pequeno guia para explorar os mercados da Capital Imperial!

cusco-vegetariano.jpg

Quem é vegetariano sabe que é um desafio encontrar um prato típico peruano que não leve “cadáver” na preparação! Ceviche, chicharrón, filé de alpaca e cuy são alguns dos pratos típicos e deliciosos pra quem curte comer um animalzinho.

E pra quem não curte sangue no prato, como conhecer os autênticos sabores peruanos?

É claro que existem muitos restaurantes especializados em comida vegetariana em Cusco, mas por que não explorar além do óbvio e conhecer bem de perto os ingredientes que fazem da cozinha peruana uma das mais respeitadas do mundo?

Esse pequeno guia foi preparado especialmente pra você, amigo vegetariano, que quer explorar por conta própria os sabores cusqueños! Abaixo você encontrará dicas pra comer em Cusco sem ter que matar um leão por dia! Ou qualquer outro animalzinho ...

OS MERCADOS POPULARES

Se você quiser conhecer os verdadeiros sabores de Cusco,  vai ter que bater perna e explorar um pouco as ruas e os famosos mercados populares. São nos mercados que você conhecerá a alma do povo andino e experimentará os autênticos sabores do Peru.

À primeira vista, os mercados podem parecer um pouco assustadores. No Mercado San Pedro, um dos mais populares de Cusco, você encontrará logo de cara partes de animais penduradas em ganchos, rodeadas por moscas e sem refrigeração nenhuma. Línguas, cérebro, cabeças de cavalo, intestinos e outras cositas más vão fazer você pensar que entrou num IML para animais. Se você ainda não é vegetariano, talvez essas imagems façam você considerar a transição!

Mas você será recompensado caso não saia correndo e continue explorando. O interior do mercado está repleto de mamacitas, senhoras campesinas que vendem uma variedade de frutas, verduras e legumes. Experimente algumas frutas da região, como a tuna, a pera de agua, a cherimoya e o melón andino. Pra quem gosta de presentear os amigos com comidinhas, as geléias de sauco e aguaymanto, duas frutinhas deliciosas do Vale Sagrado, são uma ótima pedida.

Para os fãs do famoso BGB (bom, gostoso e barato), os comedores populares são parada obrigatória. Eles estão instalados dentro dos mercados e oferecem uma das experiências andinas mais autênticas no Peru.

Se o mercado San Pedro é muito hardcore pra você, visite o Mercado San Blas, uma versão mais light do San Pedro. Comparado com outros estabelecimentos populares, o mercado San Blas é bem limpinho e organizado, mas você encontrará o habitual cachorro de rua com cara de pidão esperando você jogar uma carninha pra ele. Talvez ele te deixe em paz quando perceber que você jogou uma cenourinha pra ele comer ... ou talvez ele também seja vegetariano, vai saber! 

Para um desayuno super saudável, experimente um suco fresquinho prensado à frio, feito na hora e com as frutas e os legumes que você escolher. Alguns clássicos são o suco de beterraba com cenoura, gengibre e aloe vera e o tradicional jugo surtido, uma vitamina feita com banana, maçã, morangos e mamão. Se o corpo pedir algo mais quentinho, vale a pena provar um copo de siete harinas, uma bebida quente tipo mingau, feita com água e uma mistura de farinhas super poderosas (trigo, quinoa, amaranto, aveia, maca, cevada e soja).

Para o almoço, visite o comedor vegetariano Govida Linla e peça pelo menu del día. O menu consiste em entrada, prato principal, sobremesa e chá (entrada, segundo, postre y mate) e custa a bagatela de S/7.00 (R$7 em 2015).  A comida é maravilhosa, preparada em uma cozinha 100% vegetariana e se tiver sorte, ainda vai poder saborear seu almoço ao som de mantras e música indiana.

PICARÓN, O DONUT PERUANO

Pra quem quer experimentar o lado doce da vida andina, vale a pena provar os picarones. Eles são feitos à base de farinha, camote (um tipo de batata doce) e calabaza (abóbora moranga), fritos no óleo bem quente e cobertos com uma calda feita com chancaca (um tipo de rapadura) e especiarias (anís, cravo e canela).

Os picarones são tão populares, que algumas pessoas o conhecem como  donut peruano. Eles geralmente são servidos com chá e as porções são generosas, perfeitas pra dividir.

É nas ruas que você conhecerá a alma do Peru. Por isso, viaje com a cabeça e coração abertos e acolha sem julgamentos essa cultura tão especial. Os mercados vão aguçar todos os seus sentidos. Deixe-se surpreender e buen provecho!

Vale lembrar:

Lembre-se que os mercados não seguem os padrões FIFA de higiene rsrsrs, por isso é muito importante lavar bem frutas, legumes e verduras antes de comê-los. Prefira as frutas que você pode descascar e dê preferência às saladas de legumes cozidos.